quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Saudade do que nunca viveu

Amo ouvir do barulho do vento
 levando as folhas para longe
sentir a brisa na pele. 
Querendo que essa  Sensação  de carinho
 dure por um tempo indeterminado
imaginado sua mão acariciando meu rosto. 
 Por que você foi embora como o vento
me encantou e se foi .